segunda-feira, 9 de novembro de 2009

BAIXO ALENTEJO



            
                    O BAIXO ALENTEJO
O Baixo Alentejo, é uma sub região estatistica portuguesa, parte da Região Alentejo e do Distrito de Beja.
Limita a Norte com o Alentejo Central, a leste com a Espanha, a sul com o Algarve e a oeste com o Alentejo Litoral


COMPREENDE OS SEGUINTES CONCELHOS
Aljustrel , Almodôver, Alvito, Barrancos, Beja, Castro Verde, Cuba, Ferreira do Alentejo, Mértola, Moura, Ourique, Serpa e Vidigueira. 




AOS CONCELHOS DE :

Aljustrel-pertence
S.João de Negrilhos - Ervidel - Rio Moinhos - Messejana

Ao de Almodover - Rosário - Senhora da Graça de Padrões- Aldeia dos Fernandos - Gomes Aires - Santa Clara a Nova - Santa Cruz - S.Barnabé.



Ao de Alvito - Vila Nova da Baronia 


Ao de Barrancos - Barrancos


Ao de Beja - Brigaches - S.Matias - Baleizão -Beringel - Mombeja - Nossa Senhora das Neves - Santa Clara de Louredo - Quintos - Cabeça Gorda - Santa Victória - Albernoa - Trindade - Salvada 



Ao de Castro Verde -Casével - Entradas - S.Marcos da Ataboeira - Santa Barbara de Padrões. 


Ao de Cuba -Vila Alva - Vila Ruiva - Faro do Alentejo


Ao de Ferreira do Alentejo - Odivelas - Figueira dos Cavaleiros - Alfundão - Canhestros - Peroguarda


Ao de Mértola - Alcaria Ruiva - S.João dos Caldeireiros - Corte do Pinto - Santana de Canelas - Espirito Santo - S.Miguel do Pinheiro - S.Sebastião dos Carros - S.Pedro de Solis.


Ao de Moura - Povoa de S.Miguel - Amareleja - Santo Amador - Safara - Santo Aleixo da Restauração - Sobral da Adiça


Ao de Ourique - Panoias - Conceição - Santa Luzia - Garvão











Ao de Serpa - Pias - Brinches - Vale de Vargo - Vila Verde do Ficalho - Aldeia Nova de S.Bento.


Ao de Vidigueira - Vila de Frades - Selmes - Pedrogão

VISITAR O BAIXO ALENTEJO 





Visitar o Baixo Alentejo é fazer uma viagem no tempo,uma visita às sensações do presente,viver os registos do passado e guardar memórias para o futuro.
Toda a língua e cultura alentejana foram lentamente moldadas pela forte presença de outros povos com outras culturas.
Legados inscritos em pedra e mosaicos, cisternas e fóruns, velhos monumentos e cidades desaparecidas,pontes e estradas, impressionantes megalíticos mestiriosos de simplicidade na sua majestosa homenagem aos Deuses. 









Descubra as ruínas de Pisões e São Cucufate, atravesse as pontes que outrora ligavam margens importantes de comércio e hoje deslumbram os nossos olhares de tão majestosas construções.
Faça uma visita ao Castro Cola, cujas riquezas o transportam até à vida dos nossos antepassados, do Neolítico até ao mundo medieval cristão.
Suba às torres dos Castelos e caminhem nas suas fortalezas.
É grandioso o património existente no Baixo Alentejo disponível para ser visitado.
(Da Internet )

Alem do Baixo Alentejo existe:






O ALTO ALENTEJO

Compreende 15 concelhos:

Alter do Chão.Arronches,Avis,Campo Maior,Castelo dsae Vide, Crato,Elvas, Fronteira,Gavião, Marvão,Monforte,Mora,Nisa,Ponte de Sôr e Portalegre

O ALENTEJO CENTRAL

Compreende 14Concelhos:

Alandraoal,Arraiolos,Borba,Estremos, Evora,Montemor o Novo, Mourão, Portel, Redondo, Reguemgos de Monsaraz, Sousel, Vendas Novas,Viana do Alentejo e Vila Viçosa. 

O ALENTEJO LITORAL
Compreende 5 Concelhos: Alcacer do Sal,Grândola, Odemira, Santiago do Cacém e Sines
.................................................................
POEMA AO ALENTEJO 

A luz que te ilumina,
Terra da côr dos olhos de quem olha !
A paz que se adivinha
Na tua solidão
Que nenhuma mesquinha condição
Pode compreender e povoar !
O mistério da tua imensidão
Onde o tempo caminha
Sem chegar !.....
De:
Miguel Torga (Diário XII, 20 Outº 1974) 

.................................................... 

Da minha aldeia vejo quanto da terra se pode ver o Universo.....
Por isso a minha aldeia é tão grande como outra terra qualquer
Porque eu sou do tamanho do que vejo
E não do tamanho da minha altura......

De Alberto Caeiro



sábado, 7 de novembro de 2009

UM POUCO DE GASTRONOMIA







                 UM POUCO DE  GASTRONOMIA

 A carne do porco e de borrego são a base da gastronomia tradicional da sub região,juntando-se-lhes ainda as espécies cinegéticas como o javali, o coelho a lebre e a perdiz.
O pão, o azeite e as ervas aromáticas são ingredientes fundamentais desta cozinha mediterrânica,dando sabor às sopas, migas,ensopados e açordas.
Os vinhos, queijos,enchidos e presuntos-alguns com Denominação de Origem-são elementos indispensáveis da boa mesa Alentejana.
Os ovos, a gila e a amêndoa são elementos integrantes da confeitaria, sendo de salientar a doçaria conventual. Cada localidade tem as suas especialidades gastronómicas.

Como pratos típicos servem-se desde o gaspacho frio, a açorda quente com ovos, as sopas de tomate de cação,de cachola, de baldroegas, às migas com entrecosto frito, os pezinhos de coentrada, o cozido à alentejana, ou ainda os enchidos para acompanhar uma boa favada. (da internet)

Para qualquer alentejano e não só, estes pratos são uma delicia. Depois disto sugiro qualquer um destes maravilhosos doces:

Tibornas de amêndoa e gila, o sericá, o arroz doce, as queijadas, o toucinho do céu,os nógados, as filhós e as azevias.



Não percam a oportunidade de provar este "sabor alentejano".

Olhos também comem", por isso resolvi juntar estas 5 fotos que vêm no Livro Comeres Alentejanos da autoria de Mathilde Guimarães, É um bom livro que recomendo,para quem gosta da comida alentejana.




A cozinha alentejana é muito rica e variada, cheirosa e muito atraente.
O azeite, o pão, o queijo,as azeitonas e o vinho são produtos que fazem parte de qualquer boa refeição em terras alentejanas. Poderá experimentar variadissimos pratos, desde as sopas de tomate, de cação, dew bacalhau ou de cardos.
Se desejar optar por uma sopa fria, prove o gaspacho. A açorda é um ponto de referência, assim como as migas(de batata, de espargos, de pão) acompanhadas com carne de porco, entrecosto,febraqs fritas. O ensopado de borrego, os pratos de caça são muito tipicos da cozinha tradicional alentejana. (da internete)
Não podia deixar de completar estas referências gastronómicas sem nomear a doçaria( ver nas "Doces Tentações)

Na rubrica "Curiosidades de terras do Alentejo" procurei dar uma  ideia da gastronomia local.


VER TAMBÉM:

 Nos Livros s/o Alentejo-  O Livro de  RECEITAS TRADICIONAIS ALENTEJANAS

E


Açordas de Algibeira - Edição da Camara Municipal de Portel -Março 2009
São cerca de 30 receitas do 3º Congresso das Açordas

_____________________________________________________

O Alentejo é conhecido pela sua gastronomia e bons vinhos

As migas,o gaspacho,o ensopado de borrego, a carne de porco à Alentejana, a sopa de baldroegas, os pezinhos de coentrada e a sopa de cação são alguns dos pratos bastante apreciados na região.


Entre os petiscos encontramos as moelas, o chouriço e a linguiça, a orelha de porco, os caracóis, os torresmos e o presunto.

Acompanhados com um bom vinho tinto alentejano fazem as delicios de quem prova estas iguarias.

Os doces alentejanos são também sobejamente conhecidos como a sericaia, o bolo de requeijão, as filhóses, o bolo de amendoa e gila entre muitos outros.


RECEITAS CASEIRAS


PRATOS

Açorda à Alentejana - agriões com cogumelos e ovos mexidos - bacalhau com arroz - caldo de baldroegas - caldo mexido para acompanhar peixe frito - carne de porco à Alentejana - codornizes com coentros - cozido à Alentejana - ensopado de borrego - gaspacho - migas à Alentejana - pezinhos de borrego de coentrada - sopa de cação - tomatada à Alentejana

PETISCOS

Salada de orelha - moelas - cabeça de borrego

DOCES

Bolo arrepiado de amendoa - bolo de azeite - bolo de mel - bolo rançoso ou bolo Real - biscoitos -  doce de amendoa e ovos - encharcada - felismina - filhozes do alentejo- filhozes de beja - borrachos(fritos do alentejo) - nógado -  pão leve(pão de ló) - sericaia de Elvas.
______________________________________________________






_______________________________________________________________________________________